Encontro Internacional de Colchões excede expectativas

 

Lideranças dos EUA, Europa, Turquia e Brasil, além de especialistas em ESG, pacto global e sustentabilidade, debateram o futuro sustentável dos colchões

 

Encontro Internacional de Colchões excede expectativas
Encontro Internacional de Colchões excede expectativas

 

Realizado nos dias 13 e 14 de junho no Rio de Janeiro (RJ), o I Encontro Internacional da Indústria de Colchões contou com a participação de líderes do setor colchoeiro de todo o mundo e a presença do presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin, na abertura, reforçando a importância do evento realizado pela Abicol.

 


Em seu pronunciamento Alckmin elogiou a iniciativa da Abicol, destacando a importância do sono para uma vida saudável e produtiva. O presidente em exercício também se comprometeu a defender a inclusão dos colchões no Programa Minha Casa Minha Vida.

 


O evento reuniu mais de 200 empresários do setor e teve como tema central "O Futuro Sustentável dos Colchões".

 

 

 

Rodrigo de Melo, presidente da Abicol, afirmou que o encontro é um marco e que efetivamente mostrou caminhos para um futuro mais verde e sustentável na indústria colchoeira. “Reunir os líderes de entidades dos EUA, Europa e Turquia, e ainda, ter a presença do presidente em exercício foi um grande feito”, pontuou.

 


Ryan Trainer, presidente da International Sleep Products Association (Ispa), traçou um panorama do mercado americano, mostrando que os impactos da pandemia ainda não foram completamente superados e deu ênfase ao programa de reciclagem de colchão em seu país, o Mattress Recycling Council.

 


Frederik Lauwaert, diretor geral da European Bedding Industries Association (EBIA), contou como o mercado europeu vem investindo no ecodesign e se preparando para cumprir legislações que determinam a logística reversa dos colchões.

 


Já Osman Güler, presidente da International Mattress Industries Association (IBIA), concentrou sua apresentação no uso de tecnologia e automação nos processos produtivos nas indústrias da Turquia, inclusive com uso da robótica.

 


Com estas apresentações, o I Encontro Internacional da Indústria de Colchões fortaleceu conexões e criou oportunidades de negócios, de forma a contribuir para o desenvolvimento da indústria colchoeira.

 


Além das apresentações internacionais, o I Encontro Internacional da Indústria de Colchões contou com palestras de especialistas em sustentabilidade, ESG, logística reversa e normas e certificações no setor colchoeiro, entre outros temas. Ricardo Voltolini, CEO e fundador da consultoria Ideia Sustentável, com mais de 25 anos de experiência no mercado, palestrou sobre inovação, desafios e oportunidades. Também avaliou a política ESG da Abicol, destacando que a iniciativa está muito bem fundamentada e agora as empresas precisam colocar em prática o que prega a política.

 

 

Ricardo Voltolini

 

 

“Esse encontro é estratégico para inserir a sustentabilidade como o grande drive da indústria colchoeira. A gente nunca discutiu tanto esse tema, as novas gerações estão querendo colchões mais sustentáveis e também os atores de mercado estão dispostos a valorizar o capital e o investimento das empresas que pensam dessa maneira. Então um encontro como esse traz a perspectiva da sustentabilidade como elemento de orientação que mede, protege e gera valor”, concluiu Ricardo Voltolini.

 


Carlo Linkevieius Pereira, CEO do Pacto Global da ONU, falou sobre a adesão de empresas e entidades brasileiras ao Pacto Global, mostrando como a implantação de políticas ambientais pode contribuir para a imagem das empresas.

 


“O Pacto Global é uma iniciativa das Nações Unidas só que liderado por empresas e a gente busca onde estão as oportunidades para as empresas em qualquer setor com relação à sustentabilidade. E, claro, há desafios também e é preciso pensar como a gente consegue superar esses desafios ambientais, sociais e de governança. A gente é uma grande família empresarial para lidar com esses temas”, ponderou Carlo Pereira.

 

 

Carlo Pereira

 

 

Já Gilberto Alvarez Giusepone Junior, membro Civil da Comissão Nacional dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, apresentou as ações que estão sendo realizadas no âmbito do governo federal.

 


“A grande importância de eventos como esse é exatamente conectar e aproximar as relações entre a comissão nacional dos objetivos de cunho sustentável com o trabalho que a Abicol tem realizado. É importante dizer que a Abicol nos seus documentos ESG tem exatamente essa proximidade de objetivos que a secretaria geral do Presidente da República também tem. Então aproximar, estreitar relações e propor parcerias com o objetivo de implementar a agenda 2030 do Brasil é muito importante”, enfatizou Gilberto Álvarez.

 

 

Gilberto Álvarez

 

 

O evento também teve 4 painéis com convidados para debater assuntos relacionados ao tema principal. No primeiro participaram o empresário Luciano Gois; o lojista Irís Gelbcke; o assessor técnico do Inmetro, Marcelo Monteiro, e como mediadora a diretora executiva da Abicol, Adriana Pierini. O tema deste painel foi: A Indústria Brasileira de Colchões – Desafios e Oportunidades.

 


“Um evento como esse da Abicol é importante porque desperta a necessidade de aplicar características mais sustentáveis nos produtos que vão fazer diferença na hora da compra, na hora da venda e para se ter o sono perfeito”, ponderou Íris Gelbeck, representante dos lojistas no I Encontro Mundial da Indústria de Colchões.

 


Já o assessor técnico da Diretoria de Avaliação da Conformidade do Inmetro, Marcelo Monteiro destacou a volta da classificação de rico do colchão para o nível III e o retorno da obrigatoriedade de registro e anuência de importação como conquistas recentes. “Estamos sempre prontos a atuar em conjunto com a Abicol nas questões de regulação e fiscalização”, acrescentou.

 


Para Adriana Pierini, diretora executiva da Abicol, “a importância de reunir associações de países diferentes está em proporcionar essa reflexão do que é comum, do é diferente e como podemos juntos enfrentar os desafios, principalmente a questão da sustentabilidade. É muito interessante quando nós percebemos essa conexão, esse compartilhamento, essa interação entre os mercados, assim cada um de nós, em termos de país ou território, consegue refletir sobre como juntos podemos enfrentar ou aproveitar o conhecimento adquirido dos outros mercados para avançar com maior agilidade”, destacou ela.

 

 

 

 

Na sequência foi tratado sobre A Indústria Colchoeira na Turquia, com a participação do empresário Andrey dos Anjos; o CEO da Overseas, Rene de Oliveira; o presidente da IBIA, Osman Güler; o diretor da IBIA Expo, Erdem Taylanli e mediação do jornalista Renato Strauss.

 


“A tecnologia é uma grande aliada nesta jornada em busca do colchão mais sustentável, mas passa também pelo emprego de materiais mais amigáveis ao meio ambiente”, disse Osman Güler.

 

 

O painel O Mercado Europeu de Colchões contou com a participação de Frederik Lauwaert, diretor geral da EBIA; o diretor da C-Core Brasil, Juliano Carlos; o empresário Felipe Mendonça; o diretor do TripleR, Rik Holvoet, e teve mediação do jornalista Thiago Rodrigo.

 


“Na Europa a pressão pela logística reversa vem aumentando. Em breve indústrias de todos os países serão responsáveis por recolher os produtos no final do ciclo de vida. Muitos estudos já analisam qual a melhor destinação para estes resíduos, mas ainda estamos longe de ter todas as respostas”, admite Frederik Lauwaert.

 

 

Já o painel O Mercado de Colchões nos Estados Unidos teve participação do presidente da Ispa, Ryan Trainer; do empresário Rogério Coelho e mediação da jornalista Inalva Corsi.

 


“A sustentabilidade é um assunto muito complexo e amplo, não é um assunto que uma empresa ou uma parte da indústria pode resolver por conta própria, requer toda uma mudança de valor, desde os produtos químicos até a montagem dos colchões, do consumidor até a reciclagem… E criando uma boa comunicação entre todas as partes durante essa mudança de valor, acredito que a indústria pode entender quais são suas prioridades, o que os consumidores querem, o que os varejistas querem, o que é capaz e o que é possível de se realizar e, através dessa conversa, então poderemos progredir e tornar as empresas mais sustentáveis, ensinou Ryan Trainer.

 

 

“Durante o evento tivemos muita troca de informação sobre sustentabilidade, sobre ESG, sobre reciclagem de produtos, indústria 4.0 e muita coisa sobre mercado, especialmente sobre o mercado internacional de colchões. Tivemos dias muito produtivos e agora temos que digerir tudo isso”, destacou Rodrigo de Melo, presidente da Abicol.

 


O evento teve entrega de troféus às empresas que registraram boas práticas no site da Abicol e a entrega de certificados aos alunos que finalizaram o curso Trilha ESG – Um caminho sem volta, desenvolvido pelo Instituto Impulso.

 

 

Entrega dos Troféus

 

 

Entrega dos Certificados

 

 

Os diretores da Abicol também entregaram ao presidente em exercício, Geraldo Alckmin, um manifesto assinado por várias entidades contra o tarifaço de insumos químicos.

 

 

By Imprensa Abicol

Imagens: Divulgação

 

 

Somos o Grupo Multimídia, editora e agência de publicidade especializada em conteúdos da cadeia produtiva da madeira e móveis, desde 1998. Informações, artigos e conteúdos de empresas e entidades não exprimem nossa opinião. Envie informações, fotos, vídeos, novidades, lançamentos, denúncias e reclamações para nossa equipe através do e-mail redacao@grupomultimidia.com.br. Se preferir, entre em contato pelo whats app (11) 9 9511.5824 ou (41) 3235.5015.

Conheça outros de nossos canais do setor: